"Por que a Missa é tão chata?"

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Eu recebi um email que dizia que a Missa é:

... chata. Incrivelmente chata. É como ficarmos lendo palavras num dicionário. Se eu fosse católico eu não iria à igreja ...
Eu costumava pensar que a Igreja era chata. Eu tive uma completa reviravolta depois que descobri Jesus na Eucaristia. Agora, quando tomo parte da Eucaristia sinto-Lhe movendo-se através do meu corpo inteiro. Eu tive muitas experiências com o Espírito Santo fora da celebração eucarística. Mas de longe as minhas experiências mais poderoras com o Espírito Santo foram logo após a Comunhão. Hoje, sinto-me ansioso de ir para a Igreja todos os dias às 7h30, antes do trabalho. É a melhor parte do meu dia. Lamento que alguns católicos nominais  não compreendam o mistério e a força da Eucaristia e é por isso que eles saem da Igreja. Mas isso não me faz questionar a validade da Eucaristia. Isso só prova que o próprio Jesus disse que aconteceria. (Jo 6,56).  Muitos discípulos disseram que era um ensino difícil de ser seguido e assim eles o deixaram.  E ainda estão deixando.
Um bom exemplo disso é quando eu parei de comer açúcar tudo parecia ter gosto de papel. Mas depois de vários meses, eu mordia uma maçã e eu podia sentir o sabor dela. Era uma delícia. Eu nunca tinha provado uma maçã antes porque meus sentidos estavam tão bombardeados com o açúcar por muitos anos. Depois que eu parei  de consumir açúcar, eu podia sentir tudo de novo. Meus sentidos se tornaram vivos. É muito semelhante ao da Missa.
Nós, na América do Norte, tempos poucos momentos de atenção. Estamos acostumados a entretenimento. Queremos música legal e bastante movimento em frente do altar. Queremos bastante agitação de mãos e shows. A calma e reverência não são mais valorizadas porque temos televisores de tela grande em casa, que  bombardeiam nossos sentidos com emoção. Então ficamos entediados sempre que acontece alguma coisa calma. Quando parei de bombardear os meus sentidos com televisão, salas de cinema e outras formas de entretenimento que a sociedade empurra para nossas goelas, fui capaz de ver a verdadeira beleza da Missa. Neste simples oferecimento que Jesus nos pediu para fazer há 2000 anos eu me sinto vivo.

Fonte: http://www.davidmacd.com/catholic/mass.htm
Tradução: Emerson de Oliveira

3 comentários:

~Ana Paula~A Católica disse...

Sentir com a Igreja,
Saudações de Belo Horizonte!!

Maravilhoso Post.
Como brasileiros, precisamos ter o cuidado de não nos deixar influenciar pela dispersão e alarido que povoam os costumes norte-americanos.

O milagre também precisa do silêncio para acontecer. No silêncio, a voz de Deus se faz estridente. No silêncio, sentimos Ele dentro de nós. Saúde e Paz a você e a Seus Internautas!!

Emerson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Emerson disse...

É verdade. Sou muito conservador e gosto dos valores tradicionais. Gosto das missas solenes (ao melhor estilo de Beethoven e Mozart). Para que vulgarizar algo tão sagrado com esses abusos e maus costumes ridículos que temos em nossa sociedade?

Postar um comentário