Sessão "ódio ateísta": Apresentador de TV afirma que acha “fantástica” pichação de igreja com frase “Deus é gay”; Marco Feliciano exige retratação da MTV

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Apresentador de TV afirma que acha “fantástica” pichação de igreja com frase “Deus é gay”; Marco Feliciano exige retratação da MTV

O apresentador de televisão PC Siqueira afirmou durante seu programa na MTV que achava a pichação, feita por ativistas gays na fachada de uma igreja católica no Paraná, “fantástica”. A imagem apresentada durante o programa mostrava a igreja pichada com a frase “Deus é gay”.
Durante o programa “PC na TV”, exibido no último dia 03/05, o apresentador incentivou os telespectadores a enviarem fotos de pichações feitas em igrejas, e cogitou a criação de um quadro, que seria chamado “Igreja pichada do dia”, onde “as mais geniais” pichações seriam divulgadas por ele em seu programa.
No último dia 04/05, o pastor e deputado federal Marco Feliciano fez um pronunciamento na Câmara dos Deputados sobre o assunto, e manifestou indignação com a atitude do apresentador. “Vou entrar com representação junto ao Ministério Público pela sua retirada do ar, com retratação da empresa, sobre a apresentação do dia 03 último, ontem portanto, intitulado Cosméticos, deus gay e sorvete de bacon”, afirmou.
Feliciano afirmou que PC Siqueira demonstra “incapacidade de atrair público”, e emendou dizendo que ele “extravasa sua ‘brutalidade na melhor forma’, segundo suas próprias palavras, e, em busca de sensacionalismo”.
O deputado afirmou que “não satisfeito com sua ‘contracultura’, o apresentador pede para que os telespectadores enviem fotos como as da igreja pichada e promete que as mais ‘geniais’ (palavras do apresentador) serão publicadas pela MTV Brasil, numa verdadeira cruzada ultrajante e herege, para impressionar pessoas de má fé e mal intencionadas e os levar a cometer este verdadeiro sacrilégio”, reclamou Marco Feliciano.
O pastor e doutor Rubens Teixeira afirmou ao site Notícias Cristãs que a atitude de PC Siqueira foi de incentivo ao crime, e listou os supostos crimes cometidos e/ou incentivados pelo apresentador: “Depois de assistir o vídeo deste apresentador, tive a impressão de que o Ministério Público e demais instituições públicas com o dever de ofício de agir, se lembrariam que pichar é crime previsto no artigo 65 da Lei de Crimes Ambientais, vilipendiar objeto de culto religioso também é crime, previsto no artigo 208 do Código Penal. E, por fim, incitação e apologia ao crime são crimes previstos no artigo 286 e 287 do Código Penal”.
Fonte: Gospel+

2 comentários:

oandarilho01 disse...

Não resta muito que se comentar. Quase tudo "mais do mesmo": simpatizantes dos gays acham graça dos ataques criminosos aos cristãos, e os protestantes defendem os católicos nas esferas em que estes são acanhados.

O que falta é esse tipo de gente, como o apresentador PC Siqueira ter coragem de fazer algo por si próprio. Que falta para ele próprio dizer: "Sabe de uma coisa? Gostei da idéia... Eu mesmo vou agora pichar uma igreja!" ao invés de incitar outros a fazerem isso? Escondem-se na mídia ou nas redes sociais julgando-se inatingíveis, só manipulando a massa de manobra.

Emerson disse...

Meu, esse cara é nojeto e um asno. E não estou falando isso pelo fato de ser ateu mas sim por ser um completo imbecil.

Postar um comentário