O Pedido foi Feito #RetrateseDepJeanWyllys - Mais um Twittaço Vitorioso

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012



Salve Maria!

#RetrateseDepJeanWyllys, mais uma vitória. Já estou ficando "mal acostumado". Se não fosse o FBI ter fechado o site de downloads Megaupload teríamos chegado ao primeiro lugar nos TTs do twitter.
Não irei estender meus comentários sobre o manifesto feito pelos católicos – e de muitos outros – que ficaram indignados com as declarações do deputado do Jean Wyllys (PSOL) dirigidas ao chefe de estado Bento XVI o chamando de “nazista” e “genocida em potencial” – O assunto já havia sido noticiado aqui –, quero apenas deixar registrado que mais uma vez o silêncio foi quebrado, o gigante adormecido esta acordando. Os blogs Deus lo Vult, Dominus Vobiscum e Tiba daCanção Nova já comentaram sobre o assunto.

Por mais de duas horas um dos assuntos mais comentado do twitter era o pedido #RetrateseDepJeanWyllys. O nobre deputado já havia ratificado tudo o que disse sobre o Papa em seu site pessoal, perdeu a chance de se retratar aproveitando que a notícia era falaciosa, pois a fala do Papa havia sido manipulada pelo Reuters, mesmo assim o pedido não foi feito.


Bom até aqui não existe muita novidade, suspeitei desde o princípio. O interessante é que enquanto fazíamos a “pacífica” campanha em defesa do Santo Padre, os discípulos do nobre deputado mandavam mensagens nos acusando de homofóbicos, fanáticos, etc, etc, etc... Coloquemos na balança da justiça então. Criticar um comportamento – veja bem, um comportamento – homossexual seria homofobia e eles querem criminalizar tal ato. Agora, chamar um chefe de estado de nazista e genocida é o que? Será que podemos chamar de cristofobia ou papafobia? Tal ato já é um crime de calúnia e difamação, nem precisa esperar ser criminalizado. Foi um erro enorme o deputado ter dirigido tais ofensas ao Papa Bento XVI, e deve se retrarar.

Continuando. Durante o twittaço foi criada a tag #RetratesePapa que num passe de mágicas chegou ao primeiro lugar e por pouco mais de trinta minutos permaneceu por ali. Isso mesmo, pouco mais de trinta minutos.


Usando a barra de rolagem comecei a ler os comentários e fiquei muito triste e decepcionado. As mais baixas ofensas ao Papa e a Igreja Católica. Os “adjetivos” que foram usados pelo ex-BBB e deputado Jean Wyllys ficaram “no chinelo” perto do que seus discípulos vomitavam. O que mais é difícil de acreditar – mas pode crê – muitos que ali estavam a ofender o Papa e a Igreja de Cristo, devem se dizem “católicos” e comungam todo domingo “sacrilegamente” o Corpo de Cristo na Santa Missa. É uma vergonha. Miserere Domini!

É preciso deixar bem claro que a chegada ao topo da tag dos “discípulos de Jean” também se deve ao grande numero de católicos que invadiram a mesma para defender o Papa, sem se preocupar se iriam perder posições. Isso é coisa de cristão mesmo!

Do mesmo jeito que a tag #RetratesePapa entrou nos TTs também saiu, num passe de mágicas. Os donos da tag que pediam a retratação de Bento XVI – só não sei do que, já que a notícia era uma farsa – saíram rosnando de alegria por terem chegado ao topo. Mas será que foram vitoriosos mesmo?

O site http://ttbr.info/alltrends faz uma lista dos assuntos mais falados do twitter em ordem decrescente, quando vi lá estava a tag #RetratesePapa em 63º lugar nos assuntos mais falados, enquanto o pedido dos católicos e homens de bem #RetrateseDepJeanWyllys em 23º lugar  pena que não fiz o print. A diferença é muito grande. Se existe a necessidade em dizer quem venceu, então temos a resposta.

O mais importante é que os católicos estão acordando, os ataques a Igreja não ficarão mais sem resposta, mesmo sendo ainda uma grande minoria, estamos ao lado do Papa.

Quero deixar registrado aqui a participação de Dom AntônioCarlos Rossi Keller da diocese de Frederico Westphalen que quase quebrou seu mouse de tanto twittar em defesa do Bispo de Roma. A cada mensagem que este Bispo twittava meu coração pegava fogo. Ignis. Não sei se outros Bispos também participaram deste twittaço, mas a presença de Dom Keller foi marcante. Já ao fim da manifestação se podia ler o chamado do Pastor: “vamos continuar, em defesa do Papa e da Igreja de Cristo”. Deus seja louvado por este Sucessor dos Apóstolos.

Louvo o Nosso Senhor também pela participação de tantos padres, seminaristas, leigos e até da Luiza que já chegou do Canadá. Estamos com Bento XVI, estamos com a Igreja Católica Apostólica Romana.

Pax et Ignis!

Fonte: http://celitogarcia.blogspot.com/

1 comentários:

elaine disse...

Amados e Amadas Nao vamos perder o ânimo, avante! Petição pela Retratação de Jean Wyllys: http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=RJW2012 #RetrateseDepJeanWyllys Assine e Divulgue por favor

Postar um comentário